[07-Dec-2018 10:29:50 UTC] PHP Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function add_action() in /home/gorditac/public_html/wp-content/themes/apex/inc/customizer.php:3 Stack trace: #0 {main} thrown in /home/gorditac/public_html/wp-content/themes/apex/inc/customizer.php on line 3 [07-Dec-2018 15:53:48 UTC] PHP Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function add_action() in /home/gorditac/public_html/wp-content/themes/apex/inc/customizer.php:3 Stack trace: #0 {main} thrown in /home/gorditac/public_html/wp-content/themes/apex/inc/customizer.php on line 3 Clarice Skip to content

Autor: Clarice

Clarice Freire é nascida e criada em Salvador. Designer de formação, "escrevedora" por paixão e viciada em internet.
Já trabalhou em grandes e pequenas agências de publicidade, escritório de moda e hoje aventura-se no mundo do "home office". Casada com um geek/gamer/star wars addicted cujo apelido é Chewbacca (Chewie, para os íntimos...)! Cada vez mais envolvida com o mundo da moda, passa horas circulando pela rede em busca de novidades. Na bucket list consta: ter um bichinho de estimação e morar no Canadá!

Para entrar em contato, envie um email para: falecom@gordita.com.br

1 vestido, 7 looks

Chegou o dia de voltar com força total com o blog, pessoal! Obrigada a todos que esperaram por esse dia, eu também estava ansiosa para isso acontecer.

O post de hoje é pra trazer pra vocês um exercício para aqueles momentos que todo mundo tem: o armário cheio de roupas, mas aquela sensação de que não temos nada para vestir. Todo mundo já passou por isso um dia, e isso pode acontecer por muitos motivos, mas um bem comum é de estamos sempre mudando nossos gostos e preferências, e as roupas que temos não estão atendendo nossos desejos, pelo menos, aparentemente.

Mas e então? O que fazer diante da situação? Levando em consideração que a gente não tem tanta grana sobrando pra renovar o guarda roupa, como virar o jogo? Aí chega o momento da gente colocar a criatividade em ação e começar a testar combinações nunca antes feitas, e foi exatamente o que resultou esse post.

O vestido

Esse vestido é um dos meus preferidos – e um dos mais antigos que tenho. Por baixo, deve ter uns 8 anos, sem exagero. Eu adoro usá-lo, acho que ele é bem coringa, por ter um corte bem básico e prático. Mas, com o passar do tempo, comecei a evitar usá-lo porque sempre ficava com aquela sensação de que estava sendo repetitiva, sempre um sentimento de mesmice batia. Por mais que não tenha problema algum repetir roupa, a gente cansa de usar a roupa do mesmo jeito o tempo todo.

E aí com a ajuda da Sky com as dicas e da Bells com as fotos, várias ideia surgiram. Eu fiquei bem feliz com o resultado. Vamos aos looks?

 

Look 1

O primeiro look ficou bem rockeirinha! Eu usei o vestido como saia colocando uma camiseta preta básica por cima da Forever21+, que tem o corte um pouco mais curto, quase um cropped. A jaqueta biker com esses bordados lindos também é da F21+, loja lá de Campinas. Usar o vestido como saia é uma boa saída pra variar a quantidade de peças no armário, vale colocar por cima dele uma parte de cima mas comprida e dar um nó na barra pra acinturar o look, mostrar o formato da saia. Mas, se preferir ir com um look sem marcar a silhueta, funciona super também!

 

Look 2

Esse look eu tô apaixonada, ficou muito lindo! A ideia era fazer um lookzinho mais balada, graças a essa jaqueta bomber da Wear Ever. Mas pra quem curte um brilho, qualquer hora é hora, até dar um pulinho na padaria! Aqui eu repeti o truque do vestido como saia usando essa cropped mullet linda da Lollaboo, que é um tecido mais transparente com esses pelinhos muito fofos. Uma dica bacana na hora de pensar nos looks é levar em consideração também a textura das peças, pode parecer bobo, mas agrega muito ao look uma boa combinação de texturas, além das cores.

 

Look 3

Esse look eu usaria super para ir trabalhar! Como eu trabalho numa empresa de comunicação onde o dress code é mais sossegado, fica perfeito! Acho que o bacana desse look é a combinação de duas peças que são de universos diferentes, que é o caso dessa camisa jeans marmorizada da Attribute Jeans, bem despojada e versátil, com o colete alfaiataria da Julia Plus, que tem um corte bem elegante, alongado, quase do comprimento do vestido. É aquele look sério, mas não tanto, sabe? Faria de farda com certeza!

 

Look 4

Esse look ficou poderoso, e com uma inversão dos polos: agora o vestido é usado como top e entra no circuito essa saia linda da Lollaboo, que virou o carro-chefe do look. Para mergulhar com tudo no estilo 90’s, usei por cima esse coletinho bem antigo também no estilo aviador, acho que ele tem a mesma idade do vestido, sacho até que eu comprei os dois juntos! Aliás, gente, dica importante: nunca subestime o poder da terceira peça. É ela que, com certeza, vai dar aquela sensação de completude no visual, vai por mim. Aqui, dá pra substituir o colete por um cardigan, uma camisa aberta ou blazer, fica ao seu gosto!

 

Look 5

Esse look aqui todo alegrinho com essa camisa que eu amo de paixão da Lambuzada! Sério, estampa de gatinhos e donuts não é para os fracos! E o tecido que dá vontade de usar como pijama de tão macio que é… Aqui o vestido virou saia com o top da Lollaboo, e a camisa (repararam que eu adoro uma camisa por cima do look, né?!) ganhou nozinhos nas pontas pra ficar mais curta e divertida também.

 

Look 6

Esse look não é para todos, eu vou concordar. Afinal, usar dois vestidos sobrepostos não é algo que a gente vê todos os dias, não é mesmo? Mas é isso, a ideia é justamente abrir a cabeça e fazer combinações inusitadas e ver se o resultado te agrada ou não. Aqui, o vestido preto da Melinde vem pra funcionar como um “detalhe” do vestido branco, e só aparece na barra e nas alças. Pra conter os ânimos, o bom e velho truque da terceira peça que é uma camisa grandona da Old Navy pra funcionar como casaco e deixar o look mais discreto, mesmo. A gente ousa, mais não escandaliza (ou escandaliza, vai quem quer!).

 

Look 7

último look da rodada! Achei romântico sem cair na obviedade do rosinha, florzinha, frufrus, coisa e tal. Nada contra, só não gosto pra mim, não faz parte do meu estilo. Aqui eu usei um vestido por cima do outro, mas agora com outra proposta: como coletinho, todo aberto. Esse vestido de poás é da F21+ de Campinas! Já o maxi-cardigan é de uma coleção antiguinha da Oh!Querida que eu adoro, é bem confortável e parece um pijaminha, adoro roupa com cara de pijama, de confortável.

E aí, o que acharam dos looks? Eu convido a todas a fazerem esse exercício combinar peças do armário de formas nunca pensadas como forma de destravar as suas opções de looks que traduzam seu momento. Eu fui sem tanta pretensão e o resultado saiu melhor que o esperado. Quem aí faz isso, conta aí nos comentários!

Quero aproveitar pra te convidar a se inscrever no Gordita TV. Sim, agora o blog tem um canal no Youtube! A meta é ter 4 vídeos por semana pra vocês, então ativa lá as notificações pra não perder as novidades! Ah, aproveita e me segue também no Instagram, também rola bastante conteúdo por lá.

 

É isso, estou feliz de ter voltado. 🙂

Leave a Comment

Levi’s lança linha de calças plus size Big&Tall

No Sábado passado eu fui, a convite da Ju Romano, conhecer a nova linha plus size da Levi’s, Big&Tall. Foi um evento muito bacana onde eu tive a oportunidade de conhecer de perto parte da nova linha e reencontrar pessoas muito queridas da blogosfera plus (saudades, meninas!).

_MG_1072

A estrela da campanha foi a maravilhosa Clémentine Desseaux, a mesma que fez a última campanha de cosméticos da Loubotin. Tive a oportunidade de vê-la ao vivo no Pulp Fashion Week 2015 e, olha… Poderosa!

Bom, a Levi’s lançou 3 modelos femininos de calças: a 311 Shapping Skinny, a 314 Shapping Straight e a 315 Shapping Bootcut. Além desses, foram lançados modelos plus size masculinos também: 501 Original Fit e 505 Regular Fit. Os modelos femininos vestem do 46 até o 52, de acordo com a grade oficial. Porém, quando vimos ao vivo e experimentamos, a calça possui TANTO elastano que ela pode vestir até 2 números a mais! Ou seja, a 52 deles veste até uma 56, tranquilamente.

_MG_1070_MG_1085_MG_1090

As calças masculinas vestem do 52 até o 70, embora nas lojas revendedoras a grade chega apenas até o 60. As cores das calças femininas vieram em 3 versões: azul claro, médio e escuro. Dependendo do modelo, a lavagem pode mudar um pouco a tonalidade. A 314 Straight, por exemplo, possui um leve acid wash nas pernas.

_MG_1216_MG_1224_MG_1372

As queridas do marketing da Levi’s que nos atenderam super bem! <3

Algumas particularidades dos modelos plus size femininos: a costura dos bolsos é feita de uma forma diferente do que normalmente é feito nas outras calças Levi’s pois o objetivo é levantar o bumbum. O forro dos bolsos ganhou novo corte, tem um fechamento maior para ajudar na compressão da barriga e deixar o caimento do jeans mais suave. As lavagens das calças também ganharam atenção especial: o centro das calças é mais claro, e os extremos mais escuros, para contornar as curvas e dar aquele “up”. É tipo um contorno Kardashian nas coxas da gente! Achei demais!

_MG_1335_MG_1276

As calças já estão à venda desde sexta passada. Por questões de logística, as calças serão vendidas apenas por revendedores como a BestSize, e no site da Levi’s tem a lista completa das lojas, então vale a pena dar uma conferida!

O preço médio das calças é R$289,90, talvez o preço varie de uma loja pra outra. O tecido das calças é bem gostoso, leve e maleável, ideal pra gente não passar calor nesse clima tropical da gente!

_MG_1189

E esse foi o dia MARA que tivemos para conhecer a coleção Big&Tall da Levi’s! Foi muito bacana!

O jeans que eu trouxe pra casa:

2016-05-16 08.19.29-2

Esse modelo é o 311 Shapping Skinny Claro e, assim… Sem palavras! Estou apaixonada por ele, pelo caimento no corpo e pela lavagem. Primeiro jeans da marca! Escolhi esse tom mais claro porque adoro jeans nessa cor, e não tinha nenhum assim, as marcas plus preferem sempre fazer jeans com tons mais escuros ou pretos, sinto falta de jeans plus bem clarinho, então, minhas expectativas foram bem atendidas!

Leave a Comment

Verde musgo e open boots

Se dissessem pra mim há uns 8 anos atrás que eu, no futuro, estaria vestindo calças que não fossem jeans ou pretas, me fariam rir. Primeiro, porque nunca me imaginei fazendo isso, segundo que não tinha mesmo essas opções. Que bom que tudo muda, né? Mas minha paixão por jeans e preto permanecem. 🙂

O Outono está fazendo o papel dele este ano e eu trato logo de aproveitar. Fazia um tempo, eu estava atrás de uma calça verde-musgo-militar e encontrei uma pra chamar de minha. Confesso que me senti desafiada a pensar uns looks variados que justificassem a compra, já que a cor, apesar de linda, sempre me dava uma bloqueada.


Sabe quando você se vê numa roupa? Ou melhor, quando você olha pra uma roupa e pensa “sou eu”?! Pois foi o que aconteceu com esse look. Tem listra, tem branco, tem jaqueta, tem sandália pesada e poucos acessórios. A calça funcionou tão bem que acabou entrando no hall de preferidos da titia aqui.

Ah, preciso falar. Essa sandália. Maravilhosa. Eu não sei se ela é de fato uma open boots, mas o desenho dela é tão fechado e elegante que me passou essa ideia. O salto é bem largo e confortável, na altura certa. Vim trabalhar hoje com ela e olha, emendava uma balada fácil depois se hoje não fosse terça e eu não fosse caseirona aqui em SP.

SERVIÇO

Blusa – Ashua

Calça – Lunender

Jaqueta – Program

Sandália – Melissa

Colar – Imaginarium

Eu dedico esse post à Ju Romano por ter me inspirado a tirar poeira daqui. Obrigada por ser tão maravilhosa! <3

Leave a Comment

#juntassomosmaiores: Listras

Vocês conhecem o movimento #juntassomosmaiores? Foi um projeto criado por blogueiras plus size com o objetivo de quebrar tabus do que mulheres gordas podem e não podem vestir, afinal, nós podemos e queremos vestir tudo o que qualquer mulher veste, seja ela gorda ou magra, alta ou baixa, e por aí vai. A ideia é mostrar diferentes formas de usar determinadas roupas e estampas, dando ao público plus size um leque diversificado de sugestões de looks.

Como funciona? Todo mês é votado um tema para ser abordado pelos blogs, e este mês o tema eleito foi LISTRAS!

Fiquei muito feliz com a escolha deste tema, porque essa estampa sempre foi objeto de amor e ódio entre as gordinhas. Há quem ame e há quem odeie e, geralmente, quem odeia é porque aprendeu a odiar, porque foi martelada na cabeça a ideia de que listras (especialmente as horizontais e largas) engordam. Gente, vamos combinar? Roupa não engorda nem emagrece ninguém. Que tal ampliar os horizontes e usar as listras do jeito que quiser?

Eu amo listras, então minha contribuição para o post do dia é um compilado de sugestões de looks que eu tenho por aqui, clica na imagem para ir no post:

IMG_0555

20140528-111629-40589406

pink-listrado

listras1

Então é isso, espero ter ajudado você a se inspirar e perder o medo de usar listras horizontais. O importante é, aos poucos, vencer o medo de usar tal roupa ou tal estampa, por medo do que vão pensar ou falar, e passar vontade. A vida é uma só, né?

Quem quiser ver mais posts do desafio deste mês, tem aqui, aqui, aquiaqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui!

Quer participar? Poste sua foto com a estampa listrada nas redes sociais e marque com a hashtag #juntassomosmaiores pra gente ver seu look e nos inspiramos! <3

Beijo!

4 Comments

Calça e camisa folgada

Tem dias que a gente quer confortinho extra, né? Hoje foi um dia desses.

Aí resolvi usar minha calça da Melinde que é uma delícia, é minha favorita pra fazer viagens longas, por exemplo. Ela tem uma pegada meio esportiva, cordão na cintura e elástico nos punhos. Ah, e bolsinhos, que são amor.


  

 A blusa foi uma escolha controversa, já que ela é bem folgadinha como a calça. Pelas “regras”, é sempre bom combinar uma peça larga com outra mais justa, mas dessa vez eu quis fazer a rebelde, hehe! A propósito, legal a frase, né? Essa blusa é da Program.

A sandália é Melissa, com um salto ótimo que eu posso usar o dia todo sem me incomodar com nada. Esse salto bem grosso é amor, gente, não vira e nem cansa o pé, sabe? Adoro a cor, bem versátil e sai do sapato preto nosso de cada dia.

E assim eu fui trabalhar me sentindo de pijaminha, ainda! Mas, com salto.

Beijo!

Leave a Comment

Verde militar

Hoje eu saí de casa parecendo um lápis de cor… Até a bolsa era no tom verde militar! Qual a dúvida de que eu adoro essa cor?

  
  
Infelizmente, a luz estava mais forte e acabou estourando  pouco a cor na foto e eu fiquei parecendo um  fantasminha. 

Esse vestido é da Marguerite e comprei na Posthaus. Tive que cortar a barra porque sou baixinha, e poderia ter comprado um número menor sem problema, o elástico é super frouxinho, não aperta nada.

A sandália é Melissa, adoro! Esse modelo é muito lindo e confortável, uso direto.

Esse pingente eu fiquei na dúvida onde comprei, vou ficar devendo, ok?

Beijo!

1 Comment

Listradinha

Tá uma febre de listras nos últimos meses, repararam? Não que as peças com esse estilo de estampa simplesmente sumam e reapareçam, é só que neste último semestre elas voltaram com força total aqui no Brasil.

Afinal, as listrinhas tem cadeira cativa no mundo da moda faz tempo, e quanto mais fininhas, mais chic fica, me parece! Tem pra todos os gostos.

A gente que é gorda sabe que uma das primeiras coisas que nos falam pra evitar no quesito roupa é listras horizontais. E roupa branca, mas isso fica pra outro post.

Eu amo listras, desde sempre. Um dos primeiros posts daqui foi com uma saia bandage listrada, mas quando a febre da calça beetlejuice chegou, não tive coragem nem de experimentar, não me identifiquei nem um pouco!

Mas, quando as listras horizontais voltaram aos holofotes, e as marcas começaram a produzir peças na tendência, eu me joguei feliz. Fazendo as contas aqui, acho que essa é a quarta peça na estampa que tenho. Tem que tomar cuidado, senão a gente vicia, hehe!

 

   

Esse vestido é da Flaminga da coleção Bold (adoro essa palavra), comprei com um descontex lá no Bazar Pop que rolou semana retrasada. Tem que não goste de vestido mullet, mas eu adoro a parte de trás mais compridinha, tenho várias peças nesse estilo.

Repararam na misturinha de estampas do tênis com o vestido? Fiquei matutando qual sapato usaria, testei e gostei! Achei apropriado pra receber a Primavera, haha! Ele eu comprei numa promoção da Kanui, 3 calçados por R$160,00! Achei até que os sapatos seriam meio caidinhos, mas me surpreendi!

A camisa já deu o ar da graça por aqui faz um tempinho, é da ala masculina da Renner. Outra dica, meninas: desencanem de procurar peças bacanas apenas na ala feminina. Se uma roupa caiu bem em você, o que importa se é masculino, feminino, gestante ou infantil? Tem que se sentir bem, se for pra ter regra.

Eu adoro combinar listras com várias peças, mas uma das minhas combinações favoritas é listras e jeans. É muito amor, minha gente!

Beijo!

 

1 Comment

Vestido camisão estampado

Então é isso, oficialmente o calor veio com tudo essa semana, e não nos resta mais nada a não ser lidar com isso da melhor forma. #dramaqueen

Mas é lógico que dá pra enfrentar o calor com dignidade, e pra mim isso significa apelar para vestidos e shortinhos. Como no trabalho não rola usar shortinhos…

   
 Esse vestido estilo camisão é da Melinde e é lindo, lindo. Eu sempre gostei de vestidos com cortes mais amplos, que não sejam colados no corpo, me sinto apertada, desconfortável. Como o tecido é bem leve, foi ótimo pro calor absurdo de hoje.

  
Já a sandália é da Melissa, bem confortável, contei no meu snapchat (segue lá, claricefreire) que ela foi a troca de um modelo que comprei e quebrou. Preferia a anterior, mas… 

E a franjinha, gente? Já achei que ela deu uma crescida! Será? Ainda estou me acostumando!

Beijo!

2 Comments

Blazer risca de giz

Bacana o ritmo das postagens, né? Tô tentando, tô tentando.

As temperaturas começaram a subir por aqui (pro meu total desespero), sinal de que a Primavera está chegando mesmo!

Hoje estava afim de usar um jeans com camiseta (essa meio podrinha é da Riachuelo, e é meu xodozinho), mas não queria que ficasse muito basicão, resolvi apelar pra terceira peça. A escolhida? Um blazer risca de giz de linho da Melinde.


Fazia um tempinho que eu estava procurando um blazer de linho ou algodão cru, já pensando no verão (aquelas! haha), sabe? Aí esse entrou na promo da loja, resolvi arriscar. Veste super bem, mas pinica um bocadinho. Linho, né? Tem dessas.



O sapato é uma texas’ boot antiguinha que eu adoro, mas uso tão pouco! Fica bacana com esse modelo de calça com a boca mais larga. Aliás, essa calça é da Program.

Vocês pensam nisso de combinação de cores? A cartelinha de cores desse look está bem neutra, acho os tons neutros bem fáceis de combinar entre si, dificilmente rola uma bola fora e de quebra você fica super elegante, haha! Eu acho!


  
Beijo!

Leave a Comment

Jeans

Dá pra perceber minha carinha de gripe? Nossa, a pessoa aqui já viu dias melhores…Mas o que importa é que tá teno post e look do dia, e dessa vez no meio da rua, pra vocês terem certeza de que eu botei a cara no sol!

Inclusive, medinho de tirar foto no meio da rua, né? E um pouquinho de timidez, sorte que estava tranquilo e eu fui super mega ultra rápida, o que fica claro pela minha escolha de plano fundo, hahaha!


 Eu confesso que tinha um baita preconceito com looks total jeans, achava datadão, noventão, Sessão da Tarde. Aí, do nada, foi me dando uma vontade de ter uma camisa jeans. Pesquisei e acabei comprando essa na Rouge Marie, super atendimento, por sinal.

A jegging (acho uó esse nome, mas…) é antigona, velha de guerra. Juntei as duas peças e gostei doresultado!

A sapatilha da Moleca foi presente da sogra quando nos visitou aqui em Sampa.

O brinco foi presente da vovó! <3

Já a cereja do bolo com certeza é a jaqueta da Program, prima daquela preta que apareceu aqui outro dia, devidamente riscada da minha lista de desejos. Queria muito uma jaqueta marrom meio aviador, essa é do jeitinho que eu queria! Achei que ornou com o conjunto da obra!

Beijo!

Leave a Comment