Skip to content

My favorite brand: Cavalera!

Eu não sou uma pessoa de usar somente roupas de marcas, até porque o meu rico dinheirinho não suportaria tanta extravagância.

Mas uma das grifes brasileiras que eu adoro, e que acaba de virar debutante no  mercado é a Cavalera.

Eu gosto da marca por ter um estilo arrojado, as peças normalmente tem cortes assimétricos, utilizam tecidos diferentes e principalmente fazem uso de estampas divertidas e bem rock n’ roll. #adoro

Esse final de semana comprei um coletinho e uma blusa lindos  e de quebra ganhei dois mimos:

Adorei o fonezinho, verde neon customizado com borrachinhas de orelhas extras. Fiquei impressionada com a qualidade do fonezinho, mesmo nível do meu antigo fone do iPod. Thumbs up!!

Aí lá fui eu atrás de imagens do lookbook que ganhei, pra mostrar pra vocês como esse tá a coisa mais linda, comemorando os 15 anos da marca. A garota propaganda da coleção passada foi a linda Mariana Ximenes.

Linda essa blusa dela né? Quero litros!

Agora a linha do lookbook foi mais específica… Uma festa de 15 anos, onde o “príncipe” e a “princesa” convidam os amigos para uma festa hypada num casarão super romântico. Ficou muito lindo!

Confesso que eu não sou muito de usar esse estilo preppy-Blair, mas é tão bonitinho, né mesmo?

Encontrei um vídeo com o desfile dessa coleção também!

Que vontade de participar dessa “festa”!!!

Bom, deixei passar bastante tempo pra  não acabar aderindo ao efeito spam da blogosfera  com  a SPFW pra compartilhar aqui com vocês que eu amei muito a coleção Outono/Inverno 2011 da Cavalera que  estava bem patriota, um jeito diferente de ousar na  tendência militar e fugir um pouco do cáqui, verde musgo, e assim vai. Separei algumas imagens dos looks que mais gostei do desfile:

Como sempre ousado, versátil e bem roack. Gostei muito!

Agora  o desfile em vídeo pra conferir:

Bom, eu não sei vocês o que pensam, mas esse lance de tendência quando aparece padroniza a moda de um jeito que a impressão que se  tem é que tudo faz parte da mesma grife. Haja ladylike, color-blocking, militarismo, liberty… Aí é que você percebe quando uma grife vende estilo além de moda. Nada contra usar as  tendências na coleção, mas quantos maxi-vestidos com estampa liberty a  gente já não viu por aí?

Cada pessoa tem um jeito de se vestir, e com essa padronização da moda fica difícil você comprar roupas novas que não partilhem desse “senso comum”. Por isso, dou muito mais valor às coleções que possuem um estilo próprio ou até características marcantes (vide McQueen, Westwood, Valentino). O resto é replicação.

Por isso que considero a Cavalera uma marca diferenciada, porque consegue absorver as tendências e repassá-las de maneira inteligente, e não tão ipse literis. Deu pra perceber a diferença?

E nisso, a Cava me ganha horrores! heheheh

Beijo!

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *