Skip to content

A moda Hipster!

– Pára tudo!

Tem horas que dá vontade de falar exatamente isso, diante de TANTA coisa que a gente vê sendo rotulada como uma coisa, sendo outra coisa! Dá pra entender?

Foi o que eu senti com o color-block (e não blocking, como tem gente que fala por aí, porque pela denominação em inglês a ideia é de bloco de cores, e não de bloqueio de cores, dur!), ladylike, e por aí vai. A última pra mim foi a do movimento hipster.

Oi? Movimento what?

Pois é, pensei a mesma coisa. Gente, é só um estilo de se vestir pra alguns, ou de vida pra outros, que bebeu na fonte de movimentos culturais (que estampavam indumentárias, inclusive) e é bem, bem recente. Na verdade, podemos dizer que o estilo hipster [digi]-evoluiu do indie… Tá! Do começo?

O *movimento* Hipster é na verdade uma subcultura que apareceu no pedaço na década de 90, adotada por adolescentes e adultos jovens classe média que tinham alguns interesse musical, geramelnte em rock alternativo. Daí o flerte com o indie! 😉

Não vou entrar na seara de gostos e preferências musicais, de seriados e afins, porque é pano pra manga! Mas, fiz uma seleção de imagens com itens-chave muito legais pra te ajudar a reconhecer um hipster na rua! Haha! Saca só:


Ok!!! Só esclarecendo que esse resumão não é uma fórmula matemática que vai funcionar em 100% dos casos. Afinal, roupas e acessórios podem ser utilizados sem necessariamente termos a intenção de fazer aquele estilo ou outro. Mas, não fica aí desfilando com uma perfecto jacket achando que ninguém vai associar com o estilo rocker, tá? Pode ser só inspiração, e não o estilo na sua forma tradicional. Dá pra entender a diferença? Foi só uma forma de mostrar como é o estilo hipster de se vestir, mas, é preciso ter muito cuidado ao sair rotulando as pessoas por aí…

###

Então, que acharam? Concordam ou não? Beijo!

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *